Bastante concorridas por fotógrafos de diversos veículos, as maratonas e corridas de rua estão entre as modalidades esportivas mais praticadas no mundo. Fotografar maratonas e corridas de rua pode ser extremamente prazeroso e gratificante, embora bem cansativo. Tudo vai depender do planejamento e preparo do fotógrafo. Veja abaixo como se preparar melhor para esta empreitada:

Dicas para fotografar maratonas e corridas de rua

Preparação com um dia de antecedência

Nunca se esqueça de checar as baterias das câmeras. Baterias mesmo, no plural, não pense que basta levar uma só. Esteja com pelo menos duas baterias carregadas para o caso de uma delas acabar mais rápido. Ao fotografar maratonas e corridas de rua, é importante checar os acessórios das câmeras também. Veja se as lentes estão limpas, se o equipamento está funcionando bem, e se quiser, já deixe as configurações prontas. É interessante também deixar o equipamento já guardado na mochila ou maleta, e de preferência perto da saída, para facilitar o acesso e impedir que seja esquecido qualquer acessório.

Escolha a melhor posição para fotografar maratonas

Muito embora no esporte nada esteja 100% garantido, é sempre bom ter uma ideia dos melhores lugares para se posicionar. Muitas vezes, em cima da hora, a direção do evento muda de ideia com relação a alguns detalhes e o lugar escolhido para ficar pode estar bloqueado. Por isso, é importante conhecer o trajeto da corrida, pelo menos uma semana antes, para observar qual o melhor lugar para fotografar. Se não for possível verificar isso pessoalmente, o Google Maps pode ajudar, sendo útil para perfazer o caminho da corrida pelo computador e estar atento a pelo menos dois ou três pontos que possam ser interessantes. Evite surpresas.

Fique atento à corrida!

Fotografia esportiva de corrida de rua. 123rf

Que atire a primeira pedra o(a) fotógrafo(a) que jamais perdeu uma pose ou oportunidade, ainda mais ao fotografar esportes. Fotografar maratonas e corridas de rua exige muita atenção, sobretudo se o profissional estiver posicionado logo no início dos trajetos, porque num segundo, todos os atletas passam e você pode perder o melhor ângulo da foto. Portanto, prepare a câmera, posicione-se e fique atento ao alerta do início da corrida.

Para muitas fotos use extensão JPG

Para quem está acostumado a bater centenas de fotos num único evento (acredite, passa de 100 fotos em minutos), a melhor extensão para salvar as imagens no cartão de memória é a JPG, pois ela ocupa menos espaço e mantém a qualidade da imagem. Existem provas que às vezes, os fotógrafos chegam a fazer mais de 10 mil fotos! Não é exagero, porque dessas 10.000, boa parte vai ser usada em sites, eventos, federações, vendida aos atletas, assessorias e outros canais de comunicação e mídia. É essencial fotografar dois pontos principais: a largada e a chegada da corrida.

Sobre os equipamentos

Uma lente básica, 18-135mm, proporciona maior versatilidade, rapidez e foco. Dar para fazer fotos com bastante aproximação (zoom) e de grande angulares sem complicação. Ao fotografar maratonas e corridas de rua, é importante utilizar velocidades altas no obturados, tais como 1/1250, 1/1000 e de preferência com o F baixo, em torno de f6.3 por exemplo. Nestas horas, dada a necessidade de um pouco mais de luz, mesmo sendo de dia, o Flash pode ajudar bastante. Então, essas são algumas dicas para fotografar maratonas e corridas de rua, capturando o melhor do esporte. No geral, use e abuse da criatividade e não perca uma oportunidade. E LEMBRE-SE, não é apenas um trabalho, mas uma paixão.