Criar um estúdio fotográfico em sua casa pode ser uma ótima ideia, porque você economiza dinheiro e ainda oferece uma opção para o seu cliente. Veja como fazer o seu!

Diversos fotógrafos vivem exclusivamente da fotografia e, por isso, precisam investir cada vez mais em seus trabalhos. Ter um estúdio fotográfico para oferecer aos clientes é bastante positivo, porque aumenta o número de opções de ensaios.

Porém, nem todos têm condições para fazer ou alugar um estúdio sempre que necessário. Uma opção para quem deseja disponibilizar essa alternativa é montar o estúdio em casa. A seguir, explicaremos como você pode criar o seu. Confira!

Onde fazer o seu estúdio fotográfico?

Depois de decidir que o estúdio fotográfico será construído em casa, qual local dela será utilizado é o principal ponto a se pensar. Afinal, ele influenciará todos os trabalhos que forem realizados ali. Alguns acreditam que é só usar uma garagem ou um espaço que não está sendo utilizado na residência e deixar os equipamentos no local, mas não é bem assim.

O ambiente precisa ter, pelo menos, cerca de 15m². Um espaço profissional costuma ter o dobro disso. Ainda, o lugar precisa ter um bom isolamento de luz, para que ela não interfira nos ensaios, caso o profissional não queira.

Se possível, escolha um local da casa que não faça os clientes passarem pelo interior de sua residência, para que assim a sua vida privada e seu serviço não se misturem tanto. Essa dica é valiosa para quem possui família e não deseja mesclar uma realidade com a outra.

Quais equipamentos você deve adquirir?

Geralmente, quem monta um estúdio fotográfico em casa, já possui certa experiência no ramo e, portanto, também tem alguns dos materiais necessários, como uma boa câmera. Ela é essencial para que os registros tenham qualidade técnica.

Caso já seja dono de uma ótima máquina, pode riscar esse item da sua lista. Se você estava pensando em comprar uma melhor, talvez esse seja o momento exato para fazer a troca e aprimorar os seus resultados tanto nos ensaios externos quanto internos.

O fundo é outro fator que você deve prestar atenção ao montar o estúdio. Na maioria das vezes, os profissionais optam pelo fundo branco, porque ele é versátil e é capaz de ser usado em diversos exemplos de fotografias. Há mais de um jeito de fazer esse fundo infinito: colocando tecidos ou placas pendurados no teto, ou até mesmo pintando uma parede nessa cor.

Esse fundo é bastante utilizado, mas o importante é você pensar em seus serviços e qual tipo de estúdio se encaixa melhor em seu negócio. Se você está acostumado a fazer ensaios newborn, por exemplo, pense nos cestos, armários e como os acessórios em geral podem ser arranjados no local.

O terceiro item que é fundamental para obter bons resultados em um estúdio é a iluminação. Diferentemente de um ambiente ao ar livre, em um lugar interno você tem total controle da luz e, por isso, ela não pode ser um problema em seu trabalho.

Adquira rebatedores e set lights, que são os refletores, para administrar a luminosidade da forma que achar melhor. Em um estúdio em casa, normalmente se usam cerca de 4 set lights.

Para finalizar, não se esqueça do tripé, que é essencial em um ensaio interno. Por dar bastante estabilidade à câmera, ele permite que você capte várias fotos, sem precisar fazer ajustes entre uma e outra.

Ao montar um estúdio fotográfico em casa, você estará economizando dinheiro e oferecendo mais um modelo de serviço para o seu cliente, sem depender de terceiros. Após aprender como criar o seu espaço, veja porque é importante fazer um briefing antes do ensaio!