A fotografia ao ar livre caiu no gosto dos clientes e está se tornando cada vez mais comum em ensaios de casamento, gestantes e até mesmo crianças. A natureza realmente dá um toque especial às imagens e pode auxiliar na criação de um álbum maravilhoso.

Fazer fotos externas é um ótimo momento para o fotógrafo colocar sua criatividade em prática e brincar com os elementos presentes no local. Contudo, para que o ambiente trabalhe a favor das fotografias, o profissional deve estar muito bem preparado. Por isso, separamos sete dicas para você fazer um ensaio fotográfico ao ar livre super atrativo!

1. Escolha um local apropriado

Não é exagero dizer que essa decisão influenciará nas demais atividades relacionadas ao ensaio. Sendo assim, o fotógrafo deve analisar qual é o tema e o objetivo das fotos para depois pensar qual é o ambiente adequado para fazer o trabalho.

Geralmente, os locais mais escolhidos são praias, parques, jardins e plantações. Esses são lugares bonitos que sempre têm algo a adicionar em uma foto, porém, eles têm suas particularidades, e o profissional tem que saber qual combinará mais com o que ele busca.

Por exemplo, pode haver um parque com árvores e fundos fantásticos para fazer um ensaio em família, mas que talvez não agrade o cliente. Outra possibilidade é um ambiente que está constantemente lotado e que não possui uma área mais tranquila, com uma boa iluminação, para as fotos serem feitas.

Já a luz do sol na praia combina perfeitamente com as composições que você tinha pensado para os pais fazerem aquela imagem com os filhos. Nesse caso, a praia é o local mais adequado.

Para ter esse tipo de informação, como a luminosidade e os elementos que podem formar um fundo bonito, é preciso estudar o lugar antecipadamente. Assim, você descobre pontos interessantes e não tem grandes surpresas no dia do ensaio. Então, vá ao local antes e faça testes!

» Dicas de composição na fotografia
» Direção na fotografia de casamentos

2. Pense no horário do ensaio fotográfico ao ar livre

Em fotos externas, um dos componentes mais importantes é a luz. Dentro de um estúdio, o fotógrafo é capaz de controlá-la e deixá-la como preferir. Já ao ar livre, isso não é possível. Por essa razão, deve-se analisar bem qual é o melhor horário para fazer as fotos.

Como o sol influencia bastante nos retratos, o profissional tem que se lembrar de como ele se comporta em determinadas horas. Por exemplo, antes das 10h e depois das 16h, ele está mais suave e é um bom horário para fotografar. Ao meio-dia, ele está muito forte e provoca efeitos ruins na imagem. Então, evite fazer o ensaio nesse momento.

Se a ideia for fazer as fotografias em um dia nublado, será mais fácil de lidar com a iluminação, pois ela não influenciará tanto nos ângulos. À noite, os equipamentos são os grandes aliados do fotógrafo. Será necessário levar luzes, usar flashes e configurar a câmera e as lentes para utilizá-las nesse horário.

3. Veja a previsão do tempo

Ensaio externo com noiva

Dias antes do ensaio, confira a previsão do tempo. Veja se ela está de acordo com o que tinha sido combinado: dia nublado ou sol. Se no dia o clima não estiver como você e o cliente imaginaram, tente remarcar.

Os profissionais desse ramo sabem que não são em todos os casos que é viável remarcar o ensaio. Por essa razão, tenha uma carta na manga caso fique complicado de fazer as fotos ao ar livre, se começar a chover, por exemplo. Pense em alternativas que possam ser montadas em estúdios ou lugares fechados que tragam um encanto para as imagens.

4. Invista em rebatedores de luz

Como foi dito, a luz é um dos principais componentes de uma foto externa. Não é possível controlá-la, mas com os rebatedores, o profissional é capaz de dirigi-la para onde ele deseja.

O objeto pode ser usado com um tripé, se o fotógrafo estiver trabalhando sozinho, ou ser segurado por um ajudante (caso haja um presente). Se você não tiver um rebatedor, é essencial comprá-lo para fazer ensaios externos. Existe mais de um modelo que é usado em situações diferentes.

O rebatedor branco é o mais recomendado para as fotografias ao ar livre, pois ele suaviza a luz do sol. Sendo assim, ele deve ser apontado diretamente para a estrela. Já o prata é bastante utilizado quando se faz fotos perto da água de rios ou lagos, porque produz brilho na imagem.

O dourado também é indicado para cenários externos, porque realça os traços de quem está posando para o profissional. Se precisar marcar um ensaio ao meio-dia ou perto desse horário, esse objeto pode auxiliar na amenização das sombras que se formarão.

» Você sabe fazer fotografia de pet? Veja 5 dicas aqui

5. Utilize o flash

Para ajudar no problema das sombras, outro recurso usado é o flash. Algumas pessoas o deixam no automático para que a potência se ajuste de acordo com a luz. Outro modo é utilizar o flash de preenchimento. Como aplica o mínimo de luz possível, ele suaviza e preenche a foto. Contudo, para fazer isso é preciso ter um flash com a opção ETTL e então selecionar o padrão “Fill Flash”.

6. Crie composições na fotografia ao ar livre

Fotografia infantil no parque ao ar livre

Pense na paisagem que tem disponível e analise enquadramentos viáveis que aperfeiçoarão as fotografias. Faça imagens com profundidade e, dessa maneira, destaque seus clientes ou o produto fotografado.

Antes de começar o trabalho, teste o que você tinha imaginado, examine diferentes ângulos e veja o que funciona melhor. Se isso for feito, o cliente verá que você está preparado para o serviço e o dia será mais tranquilo, afinal, você evitará muitos imprevistos.

7. Verifique os equipamentos

Como pôde perceber, para realizar um ensaio ao ar livre, é necessário ter alguns materiais para melhorar a qualidade das fotos. Rebatedores, lentes especiais, tripés… O investimento vale a pena para quem quer montar um portfólio com fotografias externas. Nesse caso, as lentes com o mínimo de distorção são as mais recomendadas.

Certifique-se de que você tem tudo o que é preciso para fazer o que o cliente espera. Um fotógrafo organizado conquista seu público e ganha fãs do seu trabalho. Portanto, fazer fotografia ao ar livre parece ser uma grande responsabilidade, mas também uma ótima oportunidade para ser criativo e aprimorar seu portfólio.

Depois de descobrir como realizar um ensaio externo, que tal ver algumas dicas para fazer fotografias infantis?