Qualquer profissional de fotografia que deseja iniciar um negócio, precisa conhecer e dominar os fatores básico envolvidos na gestão para fotógrafos.

É comum as pessoas pensarem nos fotógrafos como artistas ou prestadores de serviços, mas a verdade é que estes profissionais são verdadeiros empreendedores.

Isso significa que você como fotógrafo precisa saber gerir o seu negócio tanto quanto qualquer outro empreendedor.

É essa visão que vai diferenciar você daquele fotógrafo amador, que tem a fotografia apenas como um passatempo, e não como um negócio sério.

O seu sucesso dependerá do seu preparo na gestão para fotógrafos e foi justamente pensando nisso que resolvemos trazer aqui esse artigo.

A partir de agora, você vai conhecer as principais dicas para realizar a boa gestão do seu negócio de fotografia.

Você vai compreender, então, que além do seu talentoso olhar fotográfico, para se destacar nesse mercado, é preciso ter profissionalismo e visão estratégica de negócios.

Fique atendo as finanças

Pessoa fazendo contas com uma calculadora, com dicas de gestão para fotógrafos.
Gestão financeira

A primeira dica de gestão para fotógrafos, de modo que ele possa conseguir sucesso com o seu negócio, é estar de olho nas finanças.

Isso pode parecer difícil para muitos, já que o profissional fica responsável por fazer o registro, o tratamento e a entrega das fotografias tiradas ao cliente, mas é preciso mais.

O profissional de fotografia deve estar realizando o marketing do seu negócio, o atendimento ao público e, o que é extremamente importante, administrando as finanças.

Dessa forma, você precisa determinar os preços a serem cobrados pelos serviços prestados e produtos vendidos, traçar um plano para obter lucro, reduzir os custos desnecessários e cuidar dos investimentos a serem realizados.

A parte financeira é muito importante na gestão do seu negócio como fotógrafo, pois descuidos podem ocasionar grandes perdas para você, trazendo prejuízos que podem abalar sua carreira profissional.

Antes de você aceitar qualquer trabalho, torna-se essencial que você faça um levantamento a respeito dos custos e de qual será a sua margem de lucro.

Pode ser difícil determinar preços, mas para fazer isso é preciso que você coloque tudo o que foi necessário para a execução do trabalho e ainda listar outros aspectos, como uso de carro por aplicativo ou combustível para chegar até o local.

Listando todos os gastos e incluindo seu potencial lucro, ficará muito mais fácil conseguir definir os preços a serem pagos por cada trabalho realizado.

No momento em que você estiver com maior destaque dentro do mercado de fotografia, com clientes te procurando com uma frequência cada vez maior, então pode ser o momento de contratar pessoas para lhe ajudar.

Mas antes de tomar essa atitude, você precisa saber se realmente está obtendo lucro e se eles vão continuar existindo, incluindo o necessário para pagar por um ajudante.

Você deve sempre separar bem o seu dinheiro profissional daquele obtido para a sua vida pessoal, evitando misturá-los. Essa é uma dica básica, porém, negligenciada por muitos profissionais.

O dinheiro que você fatura com seu trabalho sempre deve ser suficiente para cobrir todos os custos do seu negócio e ainda sobrar dinheiro, que é o seu lucro, para usar para suas despesas pessoais e para reinvestir na sua empresa.

Tenha os processos internos bem organizados

Pessoa fazendo desenho de processos em um caderno, em frente a um notebook, com dicas de gestão para fotógrafos.
Desenhando processos

Quando falamos sobre os processos internos estamos nos referindo a todas aquelas atividades que estão envolvidas na sua rotina de trabalho e também os equipamentos usados com a finalidade de torná-la possível.

Se esses processos internos funcionarem da melhor forma, então você consegue evitar perdas, de tempo e dinheiro, e irá obter resultados melhores.

Então é preciso mantê-los não só organizados, mas também otimizá-los para que você possa conseguir fazer seu negócio crescer e assim obter mais lucros, por isso mesmo essa é uma excelente dica de gestão para fotógrafos.

A sua primeira atitude deve ser mapear os processos, de modo que você levante tudo o que é feito no seu negócio, identificando o objetivo final de cada um desses processos, determinando onde eles começam e onde terminam.

Você deve também determinar a expectativa que possui relacionada a cada um deles e aos resultados a serem obtidos.

Ao fazer a descoberta de quais são os processos que fazem parte do seu negócio e todas as outras informações referentes, então é preciso que você os acompanhe e avalie-os para verificar se eles estão sendo realizados da forma certa.

Dessa forma, você será capaz de conseguir identificar as etapas e os processos que estão funcionando de maneira correta e os que estão errados (e que precisam ser ajustados para evitar perda de dinheiro, tempo e recursos materiais).

Aqueles erros encontrados e os pontos nos quais é possível fazer melhorias devem todos ser revistos baseando-se em um pensamento que seja estratégico, sempre procurando fazer a correção sem que isso traga mais gastos.

Depois dessa identificação, as soluções devem ser implantadas para que os processos possam ser aprimorados e otimizados.

Muitas vezes você vai precisar reavaliar os processos diversas vezes, e muitas vezes a solução vai aparecendo através do método de tentativa e erro.

Fazer a reformulação dos processos internos do seu negócio é algo essencial para que se possa sempre ir melhorando as etapas do trabalho e, consequentemente, obtendo melhores resultados.

Crie uma estratégia de marketing eficaz

Pessoas apertando as mãos após o fechamento de um contrato, com dicas de gestão para fotógrafos.
Fechando negócios

A última das principais dicas de gestão para fotógrafos diz respeito ao marketing do seu negócio.

Você precisa consolidar a sua carreira e o seu negócio como fotógrafo para obter sucesso. No entanto, você precisa ter em mente que apenas o talento não é o suficiente.

Muitos fotógrafos talentosos não conseguem obter bons resultados justamente por não conseguirem trabalhar com o marketing, que é essencial para construir uma imagem ou marca de sucesso.

Você, como fotógrafo, precisa ter conhecimento a respeito de algumas ferramentas de marketing que lhe ajudem a destacar-se no mercado, a alcançar mais clientes e a conseguir vender mais serviços e produtos.

O marketing visa sempre agregar valor ao seu trabalho junto ao público, de modo a satisfazer as necessidades dele e estimulá-lo a fechar negócio por um serviço com a sua empresa.

Com um mercado cada vez mais competitivo, fazer um bom marketing do seu negócio, conhecendo bem o público que pretende atingir, garante que você consiga destaque.

Isso significa que, antes de qualquer coisa, você precisa definir um nicho para trabalhar, como a fotografia de casamento ou newborn, por exemplo.

A partir daí, você vai precisar criar a estrutura do seu negócio, com um site com portfólio dos seus trabalhos e redes sociais, como o Instagram, com conteúdos direcionados para o seu público-alvo.

Você deve conhecer os seus concorrentes para que assim possa buscar forma de se diferenciar deles, ao mesmo tempo em que vai conhecendo mais seu público, identificando oportunidades para divulgar e fechar mais negócios em fotografia.

Levar em consideração o marketing é o que pode fazer com que o seu negócio de fotógrafo alcance mais pessoas interessadas no seu serviço ou pode levá-lo a sofrer com falta de clientes.

Aqui no blog da YouFocus, você encontra um post com sugestções de ações baratas de marketing para fotógrafos. Esse conteúdo lhe dara alguns insights para começar a trabalhar a sua imagem.

Conclusão

Como você viu, para todo fotógrafo profissional, que não vê mais a fotografia apenas como um hobby, fazer uma boa gestão do seu negócio é fundamental.

Neste texto, mostramos a você algumas dicas importantes a respeito de como se realizar a gestão de um negócio de fotografia, garantindo assim melhores resultados no mercado.

Gostou deste artigo sobre gestão para fotógrafos? Então acompanhe a YouFocus no Instagram para ficar por dentro do universo fotográfico.