Atualmente, o Instagram é uma ferramenta poderosa para muitos segmentos de mercado. Para os fotógrafos, que trabalham essencialmente com imagens, pode ser uma excelente opção para apresentar seu trabalho e conquistar clientes.

Não importa o nicho, o aplicativo permite através de imagens, alcançar um vasto número de seguidores e de potenciais clientes que estão à procura de um serviço ou de um produto.

Apesar disso, alguns fotógrafos ainda torcem o nariz quando o assunto é a utilização do aparelho celular para registro e edição de fotos. Levando em conta a necessidade de uma boa qualidade, podemos dizer que estes profissionais estão um tanto certos, afinal, um celular nem sempre faz fotos profissionais. Contudo, o segredo de uma boa foto, não se encontra apenas na máquina, mas principalmente no olhar “clínico” do fotógrafo.

Isso não significa que o smartphone não pode ser utilizado de vez em quando, até porque  muitas fotos podem ser vistas através das lentes do app de fotos, sem contar que muitos trabalhos podem ser observados de perto, o que faz que essa rede social seja um ótimo chamariz para futuros trabalhos. 

Sendo assim, o Instagram, mais do que um recurso de entretenimento, se transformou numa ferramenta de marketing que aproxima o profissional de sua clientela. Nada mais justo, afinal, uma imagem vale mais do que mil palavras, não é mesmo?

Como integrar o Instagram no dia a dia do estúdio?

Fotografia de paisagem

Comece a fazer uso do aplicativo. Poste fotos interessantes do seu estúdio, e nas externas, fotografe ângulos que se tornam despercebidos diante da correria do dia a dia. É possível concentrar-se em algum tema, como por exemplo: paisagens, casarios, plantas, animais, casais, etc.

E se quiser, é possível ainda deixar tudo junto e misturado, só que, claro, conforme o dia e o roteiro que se deseja mostrar.

Se escolher casarios, opte por um lugar histórico ou moderno, ou por uma arquitetura chamativa, conservada, limpa. Não deixe de registrar os lugares históricos ou bairros tradicionais que inspiram a visitação de pessoas de todos os lugares. 

Com essas atitudes simples, já é possível engajar o público com o seu trabalho, uma vez que esses moradores poderão seguir o perfil, curtir a foto e até repostar. O mesmo vale para cenários do setor de moda, paisagismo, plantas, flores e por aí vai.

O que é necessário fazer? 

Baixar o aplicativo não custa nada e leva poucos segundos. Vale a pena ressaltar que o celular precisa ter uma boa memória, um ótimo espaço para armazenamento para garantir o registro de muitas fotos, e também, uma lente com boa resolução, que apesar de na maior parte das vezes, a lente ser limitada por ser de um aparelho telefônico, ainda assim há a possibilidade de tirar fotos com o mínimo de nitidez possível. 

Existem ainda alguns suportes e acessórios que ajudam a tornar a foto mais chamativa, como lentes, adaptadores, molduras, entre outros. Utensílios como filtros e outras formas de “trabalhar” a imagem, são uma boa opção depois do clique. Contudo, concentre-se no original. A beleza do que é fotografado, por si só, muitas vezes já chama a atenção.

Necessidade da Ferramenta

Muitos casais quando buscam um fotógrafo para realizar algum trabalho, como um casamento ou trash the dress, vasculham por um material de boa qualidade no Instagram. Se antigamente era necessário ao fotógrafo ter apenas um site para se fazer profissional no mercado, hoje, é necessário também atualizar o Instagram e manter a conta com fotografias maravilhosas, a fim de atrair cada vez mais interessados no seu trabalho.

Criatividade para Instagram de fotógrafos

Antes, quando o Instagram ainda não era um aplicativo tão popular, as fotos apareciam no feed conforme a ordem de chegada. Ou seja, tão logo as pessoas fizessem as fotos, uma a uma era publicada e já aparecia no mural para todos os integrantes. No entanto, a regra mudou, tendo em vista o grande número de adeptos ao recurso. 

Hoje, são milhões de fotos postadas a cada minuto e portanto, não tem como publicá-las pela ordem de chegada no feed. Mas então, qual o critério que o Instagram utiliza para publicação no feed?

Simples: o do engajamento com a publicação e a criatividade do material, ou seja,  o número de pessoas que interagem com a imagem, a qual geralmente está em alta nos temas pesquisados.

Ou seja,  quanto mais criativa for a publicação, mais ela vista será e aparecerá mais vezes no feed, para um maior número de pessoas.

» 5 ações baratas de marketing para fotógrafos

Periodicidade

Material velho não interessa. Quanto mais recente forem as fotos realizadas e carregadas no perfil, mais importância o perfil terá para o sistema do aplicativo, que selecione as melhores fotos para o feed. 

Para manter seu Instagram de fotógrafo sempre em alta, procure manter uma atualização constante da ferramenta, a fim de que o sistema perceba o quão o seu trabalho é valioso e necessita ser mostrado ao público.

Relacionamento

Homem usando o Instagram

Cultivar os relacionamentos nesta rede social vale muito a pena. Em outras palavras, é interessante procurar por perfis de públicos relacionados ao seu nicho de mercado e curtir as fotos desses perfis, pelo menos duas fotos por dia. Isso ajuda, por exemplo, a atrair ainda mais interessados, que por curiosidade, também visitarão ao seu perfil, e se gostarem do material, certamente vão seguir a conta.

Esse processo é um engajamento instantâneo, considerando que esse público que curtiu, certamente abre caminhos para que seus seguidores também encontrem as fotos e passem a curti-las. Desse modo, um público atrai ao outro e quando menos se espera, já foram conquistados mais 10, 20 , 30 seguidores e assim por diante.

Hashtags e recursos

As hashtags são um recurso relevante, que ajuda a “engajar” as imagens com os grupos aos quais a publicação tem maior ligação. 

Fotos de moda, beleza, estética, gastronomia e artes, por exemplo, podem estar relacionadas a grupos temáticos, locais, entidades religiosas, grupos culturais, dentre outros. No entanto, recomenda-se o uso de apenas 5 a 10 hashtags por publicação, sendo todas inseridas na legenda das fotos.

Contudo, existem ainda outros recursos que podem ajudar. Entre eles, estão o engajamento em respostas e comentários, ou mesmo “marcar” grupos de amigos e de contatos, que certamente acompanharão as novidades e curtirão o material. Responder à todas as mensagens é essencial. Ah! Não tenha vergonha de pedir, na legenda das fotos, que os visitantes curtam a imagem e sigam ao seu perfil.

Sistema Ads

Impulsionar as publicações é também uma forma de aumentar a visitação do perfil e atrair um lead mais adequado ao mercado em que se atua. Quando se investe um valor em Ads no Instagram, a ferramenta vislumbra uma localização e um perfil certo de pessoas para mostrar o trabalho fotográfico e quem sabe atrair seguidores. 

Esse procedimento nunca falha, pode ter certeza que o número de seguidores aumentará. Porém, sem qualquer esforço de engajamento e qualidade no que se faz, o Ads não garante que tais seguidores sejam convertidos em futuros clientes.

Desse modo, como o próprio nome do recurso sugere, o impulsionamento projeta o trabalho um pouco mais à vista de todos. Só que para isso, cabe ao dono do perfil usar a inteligência e as suas habilidades de engajamento  — algo que você, certamente, tem de sobra — para turbinar a conta e deixá-la sempre interessante. 

Como vimos, o Instagram, além de ser uma rede social que compartilha os melhores momentos através de fotos, ainda pode ir além quando bem utilizado, podendo ser uma ótima ferramenta nas mãos de um fotógrafo que busca se destacar ainda mais no mercado.