As fotografias de pet estão em alta e, por isso, damos 5 instruções neste post de como você pode realizar bons trabalhos nessa área!

Atualmente, fotografias de cachorros, gatos e outros bichos de estimação fazem muito sucesso. A maioria das pessoas adora ver a reação de um cachorro ou a expressão de um gato registrada em uma foto.

Por essa razão, há muita procura pela fotografia pet e os profissionais do ramo têm que se atualizar para realizar esses ensaios. Sendo assim, selecionamos 5 dicas para você começar a fazer essas fotografias e aumentar o seu rendimento. Continue lendo o post para descobrir quais são elas!

Combine o ensaio com o tutor

Fotografia de pet - Husky entre flores
Fotografia de pet externa

Para entregar boas fotos para o seu cliente, você precisa saber o que ele quer. Então, em primeiro lugar, é necessário conversar para descobrir quais são as expectativas dele.

Explique a diferença entre fazer fotografias de pets treinados e os que não são. Como os adestrados respondem melhor a comandos, o ensaio pode ser feito tanto em um ambiente externo quanto interno. Nesse caso, é mais fácil também fazer fotos “posadas”, porque ele obedecerá se o tutor pedir para sentar, deitar, entre outros.

Já para o ensaio com os não treinados, o mais recomendado é fazê-lo em um ambiente ao ar livre, porque em um estúdio, diversos itens podem distrair o animal e será mais difícil de obter um bom resultado.

Conheça o animal antes de fazer as fotos

Preparar-se para realizar um ensaio fotográfico é fundamental em qualquer ramo da fotografia. Na área de fotos de pets, é imprescindível conhecer o cachorro ou gato antes para você saber como é a personalidade dele.

Dessa maneira, você vai conseguir planejar melhor as fotos, pois já saberá se ele é animado ou mais calmo. Além disso, outro ponto positivo é criar um pouco de familiaridade com o animal previamente.

Capture a parceria entre pet e tutor

Fotografia pet - Tutora abraçando seu cão
Fotografia de pet com tutor

Alguns pets andam, correm e passeiam livremente durante as fotos, mas outros não gostam muito de se separar do tutor. Não se desespere se isso acontecer em um ensaio que você está fotografando.

Aproveite para capturar o carinho entre o animal de estimação e o seu tutor. Esse tipo de imagem transmite a afeição e o amor para quem vê a foto e, geralmente, conquista não só os modelos, mas diversas pessoas.

Mesmo que o pet seja mais solto, faça algumas fotografias dele com o seu cliente, porque elas são importantes para integrar o álbum e, como elas encantam terceiros, têm o poder de conseguir mais trabalhos para você.

Ajuste a câmera para fazer fotografia de pet

Certos detalhes técnicos, como o obturador e a iluminação, devem ser ajustados para fazer essas imagens. A velocidade deve ser de, no mínimo, 1/100 para que as fotos fiquem nítidas, já que os pets costumam se mexer bastante.

Caso queira congelar um momento em um ambiente ao ar livre, aumente esse valor e deixe por volta de 1/300. Na área da iluminação, espaços externos não permitem que você controle tanto a luz, então tente marcar as fotos em um dia de sol com algumas nuvens.

Muito sol não é o ideal, assim como dias nublados também não são. Por isso, tente marcar em um horário que ambos estejam equilibrados. Outra dica é sempre dar preferência aos dias claros.

Em um estúdio, essa parte é mais fácil, pois você pode montar a luminosidade do seu modo. Uma instrução importante é não trabalhar com sombras em um ensaio de pets, porque como eles se movimentam muito, as chances de o resultado não sair como o esperado são grandes.

Treine antes de fazer o trabalho profissionalmente  

Fotografia de pet com dois gatinhos

Assim como em outras áreas da fotografia, o treinamento é essencial para criar as fotos de pets. Ele ensina o profissional a lidar com os animais mais agitados e com os dorminhocos, para que assim não haja tantas surpresas na hora de fotografar um bichinho de estimação de um cliente.

O estudo e a prática dessas dicas são um bom começo para quem quer investir no ramo de fotografia de pets. Agora que você já sabe realizar esse tipo de ensaio, o que acha de aprender mais sobre fotografias ao ar livre?